Latest Entries »

VERSÍCULO DO DIA

 

Guarda-me como à menina do olho; esconde-me debaixo da sombra das tuas asas (Salmos 17.8)
NOVA TRADUÇÃO EM LINGUAGEM DE HOJE: Protege-me como protegerias os teus próprios olhos e, na sombra das tuas asas

“As forças já me estão faltando para prosseguir e o meu caminho, mais dificil fica cada vez! O que eu achava que podia já não é o bastante…” Esse trecho da canção Ponto de Partida do Grupo Logos, nos fala muito acerca da nossa caminhada na vida cristã. Não somos invencíveis como nos julgamos ou como muitos nos julgam. Somos humanos e fracos, e passíveis de todas as formas de erros. Isso me faz lembrar a passagem bíblica do fariseu e do publicano que subiram ao templo para orar. Somos semelhantes àquele fariseu que em seu orgulho se sentia numa posição melhor que a do publicano. Contudo, quando as agruras dessa vida nos afligem, perdemos muitas vezes o rumo e nos encontramos numa situação para a qual não conseguimos achar uma saída que nos faça retomar o rumo e assim darmos prosseguimento a nossas vidas. Mas tudo isso ocorre porque a nossa confiança está depositada em nós mesmos e não Naquele que é o Autor e Consumador da nossa fé. Por isso que somos semelhantes ao fariseu orgulhoso e arrogante que se vale de seus próprios méritos para se apresentar diante de Deus como sendo merecedor de suas dadivosas bênçãos. Puro e tolo engano.
As agruras da vida não nos mandam sinais, scraps, sms ou publicam em nossos murais o dia e à hora em que baterão contra nós para nos afligir e nos mostrar quão frágeis e humanos nós somos. É nessa hora que as forças nos faltam e o nosso coração se mostra enganoso. Outro trecho da música supracitada nos diz o seguinte: “Sentindo o poder, fugindo-lhe por entre os dedos… não conseguindo mais guardar segredos… seu coração precisa de Jesus!” Isso nos coloca na situação que citamos acima. As agruras nos fazem, ou melhor, revela a nossa fragilidade real, nos mostrando que não é pela nossa própria força ou pelos nossos méritos que conseguiremos superar as adversidades que nos assolam, ou como dizemos que nos aperreiam.  Nessa hora, o nosso espírito farisaico se mostra inútil ante as adversidades, e assim pensamos: “estamos perdendo rumo, não sabemos onde nem como vamos parar!” Não há mais saída! Não tem mais jeito! Essa situação é sem solução! Pobres pecadores nós somos! Onde está àquela arrogância que nos fazia bater em nossos peitos e nos proclamarmos merecedores das benesses de Deus? O que o nosso orgulho pode fazer diante das adversidades da vida? Se Deus não intervier com sua soberana graça, o que nós fracos humanos podemos fazer em nossa débil força?
Em meio a essas agruras que nos afligem a ponto de nos fazer enfermar nos encontramos com uma pergunta que também está na letra da música tão já mencionada: “Será que vale a pena ainda prosseguir? Será que acharei pra vida ainda uma saída, que me coloque em ponto de partida, na direção pra que eu ache a paz?” Quando tudo em nossa vida está ao contrário, quando as feridas ao invés de cicatrizarem parecem doer ainda mais é nesse momento onde a nossa consciência nos mostra que o nosso enganoso e podre orgulho para nada serve, e que se não for o agir da graça soberana de Deus sucumbiremos ante as agruras da vida! Em meio a toda essa correnteza de situações adversas na qual somos arrastados nos esqueçemos que Alguém nos observa, olha, acompanha e tudo vê! Esse Alguém não é outro senão Jesus, o Cristo de Deus, e como nos diz à música que tão exaustivamente citamos: “é certo que o Senhor já sabe onde você está, é claro que Ele é poderoso para salva-lo sim! Por isso pare agora mesmo, antes que a vida acabe… enquanto sabe que a esperança existe, peça a Jesus que lhe estenda a mão!”
Cristo sabe muito bem onde estamos e o que está acontecendo em nossas pobres e frágeis vidas. O controle de todas as coisas a Ele pertence! Nada foge ao seu controle! E saber disso, deveria ser suficiente para nos alegrar o coração mesmo em meio às dolorosas agruras de nossas vidas. Deveria retumbar em nossos corações as palavras de Paulo em sua segunda epístola aos coríntios: “De todos os lados somos pressionados, mas não desanimados; ficamos preplexos, mas não desesperados; somos perseguidos, mas não abandonados; abatidos, mas não destruídos.” (II Coríntios 4.8-9) Em meios a esse mar revolto nos esqueçemos de olhar para Deus e para a sua rica e santa palavra, que nos aconselha e nos guia em todas as áreas de nossas vidas. Diante disso tudo o nosso espírito farisaico tomba ante a soberania de Deus e o que deve brotar em nossos corações é a atitude humilde e sem máscaras daquele publicano miserável que se humilhava diante de Deus sem sequer ao menos ser digno de levantar os olhos para o firmamento, por temor e tremor de Deus! As adversidades, tribulações, perseguições, agruras ou qualquer outra nomenclatura que usemos serão constantes na vida cristã, pois, como nos diz as santas Letras: “… os que desejam viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos.” (II Timóteo 3.12) Mas, é aí que reside toda a diferença, a saber, que uma vez que vivemos em Cristo, Ele estará conosco em todo o tempo, todos os dias até o fim dos séculos, ou seja, sendo sabedores dessa verdade absoluta poderemos clamar a Ele com a certeza de que Ele nos ouvirá e se lhe aprouver Ele intervirá em nosso favor! E como nos diz a música mais do que repetida ao longo desse artigo: “será que vale mesmo a pena ainda então pedir? é claro, só assim a vida tem uma saída! é desse modo que se enfrenta a lida! é desse jeito que se acha a paz!” Enfrentamos a vida e, por conseguinte a lida confiando unicamente em Jesus em todo o tempo!! Que possamos nos lembrar das palavras do nosso Mestre: “Tende bom ânimo!” (João 16.33).
Que Deus nos abençoe!!!
Soli Deo Gloria!!!
                                                                                          Joel da Silva Pereira
Obs. O título desse artigo foi inspirado na música de mesmo nome do Grupo Logos!!

fonte: http://espacoreformado.blogspot.com/

VERSÍCULO DO DIA

“… onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” (Mateus 18.20)

NOVA TRADUÇÃO EM LINGUAGEM DE HOJE: … onde dois ou três estão juntos em meu nome, eu estou ali com eles.

Sabemos da importância da oração na vida de um cristão, o próprio Jesus nos advertiu a fazer isso em Mateus 26.41 :

“Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca.”

Também vemos em 1 Tessalonicenses 5.17  que devemos orar sem cessar, sei que vocês sabem disso, só que o que vim ressaltar aqui é a importância de nós cristãos estarmos unidos, vemos em Tiago 5.16  “… orai uns pelos outros, para que sareis …” , devemos fazer isso meus irmão porque os dias são maus (Efésios 5.16)

Sigamos o exemplo de quem Pode mais (Jesus):

João 17:19 Em favor deles eu me entrego completamente a ti. Faço isso para que, de fato, eles também sejam completamente teus.
João 17:20 – Não peço somente por eles, mas também em favor das pessoas que vão crer em mim por meio da mensagem deles.
João 17:21 E peço que todos sejam um. E assim como tu, meu Pai, estás unido comigo, e eu estou unido contigo, que todos os que crerem também estejam unidos a nós para que o mundo creia que tu me enviaste.
João 17:22 A natureza divina que tu me deste eu reparti com eles a fim de que possam ser um, assim como tu e eu somos um.
João 17:23 Eu estou unido com eles, e tu estás unido comigo, para que eles sejam completamente unidos, a fim de que o mundo saiba que me enviaste e que amas os meus seguidores como também me amas.
João 17:24 – Pai, quero que, onde eu estiver, aqueles que me deste estejam comigo a fim de que vejam a minha natureza divina, que tu me deste; pois me amaste antes da criação do mundo.
João 17:25 Pai justo, o mundo não te conhece, mas eu te conheço; e aqueles que me deste sabem que tu me enviaste.

Versão: Português: Nova Tradução na Linguagem de Hoje

Então devemos nos fortificar no Senhor e orar uns pelos outros para nossa unidade como cristãos, mandando pedidos de oração uns para os outros, e orando por todos, até mesmo por aqueles que nos aborrecem e querem nosso mal (Lucas 6.28)

Para que o mundo creia e aceite a Jesus!!!!

 

Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste. (João 17.21)

NOVA TRADUÇÃO EM LINGUAGEM DE HOJE: Para que todos sejam um, Pai, como tu estás em mim e eu em ti. Que eles também estejam em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste.

 

Mas, se vós não perdoardes, também vosso Pai, que está nos céus, vos não perdoará as vossas ofensas. (Marcos 11.26)
NOVA TRADUÇÃO EM LINGUAGEM DE HOJE: [Se não perdoarem os outros, o Pai de vocês, que está no céu, também não perdoará as ofensas de vocês.]
“Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca.”(Mateus 26.41)

NOVA TRADUÇÃO EM LINGUAGEM DE HOJE: Vigiem e orem para que não sejam tentados. É fácil querer resistir à tentação; o difícil mesmo é conseguir.

Estou com um problema de juntas e antes que você pense naquela antiga piada: “junta tudo e joga fora” gostaria que medita-se por um momento sobre a importância de certos membros para o nosso corpo.
Segundo o médico o meu caso se dá por conta de um desgaste no menisco ou também chamado de disco articular que funciona como um amortecedor das juntas do maxilar, o que ocasionou esse desgaste foi um mau posicionamento dos meus dentes. Era este o ponto em que queria chegar nós como igreja somos um corpo e cada um tem sua função (Romanos 12:4-8) sendo assim não devemos menosprezar nenhum membro desse corpo, pois um “dente” apenas fora do lugar pode deslocar todos os outros, por conseguinte deixa todo o corpo debilitado, estou passando por isso e não dá par ignorar depois de um tempo as dores de cabeça que só vão aumentando.

 

É, ainda segundo o médico, necessário primeiramente que se coloque um aparelho, no caso da igreja creio que esse “aparelho” seria aplicar realmente a Palavra de Deus em nossas vidas para que nossas juntas sejam reforçadas com o Amor colocando assim os dentes desgarrados em seus devidos lugares, este “aparelho” não será mais necessário apenas no Grande Dia em que o Senhor voltará (Apocalipse21:4). Em segundo luga, caso o aparelho tenha sido colocado tarde demais, então será preciso uma cirurgia, espero realmente que a igreja não precise desse meio, pois sabemos o quão doloroso pode ser e o quanto isso pode nos custar.
Dessa forma podemos ver que as funções que muitas vezes não são dadas a devida importância são as que mais a tem (1Coríntios 12:12-21) e se um membro sofre todos os outro irão sofrer com ele (1Coríntios 12:26), por isso devemos:

“Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo. Dele todo o corpo, ajustado e unido pelo auxílio de todas as juntas, cresce e edifica-se a si mesmo em amor, na medida em que cada parte realiza a sua função.” (Efésios 4:15-16)

Hora do Banho.

       Quem nunca presenciou, ouviu falar ou até mesmo foi criança que deu trabalho para a mãe na hora do banho?
Hoje em dia vemos como esse ato era infantil, pois somos maduros para compreender os benefícios de um belo banho, é claro que nem toda criança é assim, mas boa parte das crianças, por achar que dessa maneira está mais confortável, em busca até mesmo de uma “autonomia” decidem se negar a tomar banho, porém o que percebem quando cedem aos apelos da mãe é que valeu muito a pena tomar banho.

Muitas vezes agimos como essas crianças, preferimos tapar os ouvidos aos apelos de nosso Amado Pai que só quer o melhor para nossas vidas (Jeremias 29.11), e por esse motivo, por escolhermos viver na “sujeira” adiamos nos lavar na água viva (Provérbios 18.4) o que só nos traz amargura e sofrimento (Provérbios 14.32).

Dessa forma creio que devemos sair do comodismo e seguir o sábio conselho de João:

E qualquer que nele tem esta esperança purifica-se a si mesmo, como também ele é puro.
(1 João 3.3)

VERSÍCULO DO DIA

Do homem são as preparações do coração, mas do SENHOR a resposta da língua. Todos os caminhos do homem são puros aos seus olhos, mas o SENHOR pesa o espírito. Confia ao SENHOR as tuas obras, e teus pensamentos serão estabelecidos. (Provérbios 16.1-3)
NOVA TRADUÇÃO EM LINGUAGEM DE HOJE: As pessoas podem fazer seus planos, porém é o SENHOR Deus quem dá a última palavra. Você pode pensar que tudo o que faz é certo, mas o SENHOR julga as suas intenções. Peça a Deus que abençoe os seus planos, e eles darão certo.